Dia Nacional de Combate ao fumo alerta para problemas nos olhos, garganta e ouvido - Hope

Blog

Dia Nacional de Combate ao fumo alerta para problemas nos olhos, garganta e ouvido

No dia 29 de agosto é comemorado o Dia Nacional de Combate ao Fumo. O hábito é extremamente prejudicial à saúde, afetando vários órgãos e provocando lesões e doenças diversas. “ São muitos os problemas oculares que o fumo pode desencadear. Ele é uma das causas, por exemplo, do aparecimento ou agravo da catarata, degeneração macular e olho seco”, conta a oftalmologista do HOPE (Hospital de Olhos de Pernambuco), Dra Thayze Martins.

Estudos apontam que o tabagismo aumenta em pelo menos duas vezes o risco de desenvolver catarata e degeneração macular relacionada à idade – as duas doenças que mais causam cegueira no mundo e que podem ser tratadas. “O fumo também pode agravar a Síndrome do Olho Seco, além de provocar alergias oculares e causar desconforto”, completa a oftalmologista.

Além dos problemas oculares, o fumo também afeta as vias respiratórias. “O cigarro pode provocar lesões diversas nas pregas vocais além de ser fortemente associado ao surgimento de tumores malignos na laringe. O tabagismo na verdade é a principal causa associada aos Cânceres de Cabeça e Pescoço.  Além disso pode provocar alterações no labirinto, paladar e olfato. Isso ocorre, dentre outros fatores, porque a fumaça quente e as toxinas do cigarro irrita e agride as mucosas”, relata a otorrinolaringologista Naiara Paixão, também do HOPE.

Já as consequências para o ouvido são percebidas a longo prazo, por isso a importância de um acompanhamento médico regular. “Muitos fumantes relatam zumbido, sobretudo os mais jovens, mas esse não é um sintoma universal. Exames como audiometria são fundamentais para um diagnóstico preciso”, reforça a especialista.

Combate – O Dia Nacional de Combate ao Fumo foi instituído com o objetivo de reforçar as ações nacionais de sensibilização e mobilização da população para os danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco. Vale salientar que o hábito faz mal a todo o corpo, além de prejudicar, também, os fumantes passivos. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o hábito de fumar é a principal causa de mortes evitáveis no mundo e o fumo passivo é a terceira maior causa.

Acompanhe o Hope no Instagram