18/09- Dia Nacional de Incentivo ao Diagnóstico Precoce do Retinoblastoma - Hope

Blog

18/09- Dia Nacional de Incentivo ao Diagnóstico Precoce do Retinoblastoma

Câncer atinge crianças de até 5 anos. Doença tem chances de cura em até 100% dos casos se diagnosticada a tempo

O retinoblastoma é um tumor ocular responsável por atingir aproximadamente 400 crianças por ano no Brasil. De acordo com o Ministério da Saúde, ele é mais comum na infância, entre crianças até 5 anos de idade. A data de conscientização foi instituída pela TUCCA – Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer, e vem como alerta no combate da doença, que se diagnosticada precocemente, pode ter cura em até 100% dos casos.

“O retinoblastoma é um câncer que se desenvolve na retina, podendo ser hereditário ou não. A doença também pode manifestar-se ao nascimento ou nos primeiros anos de vida das crianças, podendo afetar os dois olhos ou apenas um deles”, afirma a oftalmologista do Hospital de Olhos de Pernambuco, Dra Cecília Cavalcanti. O retinoblastoma é a principal causa de remoção do globo ocular em crianças.

O sinal mais comum da doença é a leucocoria, reflexo pupilar branco, popularmente chamado de olho de gato. ”O reflexo banco pode ser notado quando a criança está sob luz artificial, quando a pupila está dilatada, mas sobretudo em fotos com o uso do flash. Nos olhos saudáveis, o reflexo sempre é vermelho”, informa a médica. Outros sintomas que podem vir associados são o estrabismo, vermelhidão, baixa visão, dor e deformação do globo ocular.

Mesmo o principal sintoma sendo a leucocoria, o seu aparecimento significa que a doença já está em estágio um pouco avançado. “Outros sinais e sintomas podem ser observados. A criança pode apresentar sensibilidade à luz e desvio ocular, estrabismo. Por isso é fundamental que os pais ou responsáveis ao perceberem qualquer anormalidade nos olhos das crianças, procurem um médico para avaliação”, indica a oftalmologista.

Teste do olhinho – O teste do olhinho identifica o retinoblastoma e deve ser feito logo após o nascimento do bebê e periodicamente até os cinco anos, faixa etária acometida pela doença. O teste é simples, e além do retinoblastoma, ainda pode detectar outras doenças, como catarata e glaucoma congênito.

Acompanhe o Hope no Instagram